10 conselhos para procurar emprego na Suíça.

10 conselhos para procurar emprego na Suíça.
10 conselhos para procurar emprego na Suíça.

Para onde olhar, e o que fazer para encontrar um emprego na Suíça? Para guiá-lo, aqui está uma visão geral do que saber antes de começar, na forma de conselhos para trabalhar na Suíça. Para sua pesquisa de emprego na Suíça serem realizadas em boas condições e não cometerem muitos erros, propomos uma metodologia para começar e links para outros recursos úteis e conselhos.

 1. Para encontrar um emprego na Suíça, você deve estar bem informado.

Se um candidato quer encontrar um emprego na Suíça , logo que comece sua busca de trabalho a tentação é para escrever a um máximo de empresas. Recomendamos que não se precipite especialmente se você for emigrante e nunca tenha procurado  ou trabalhado na Suíça, a procura de emprego na Suíça é uma questão de informação, bom senso de organização, mas também um toque de sorte.
Aprender é portanto um passo essencial porque o que é verdadeiro em seu país não é necessariamente na Suíça. Em particular, aqui estão algumas perguntas a fazer antes de iniciar seus esforços para trabalhar na Suíça:

Tem a certeza de que a indústria em que trabalha é exactamente o mesmo na Suíça?
O que sabe dos hábitos de trabalho sobre o município em que está interessado?
Quais são as principais empresas do sector que está interessado?
Quem são as pessoas influentes dessas áreas?

E muitas mais são a perguntas que ao longo da sua procura vão aparecendo.
Prepare-se de avanço, só assim  você chega à hora e tem algo para dizer relevante e interessante para escrever em suas letras de motivação que acompanha o seu CV um dos documentos indispensáveis  para trabalhar ou procurar trabalho na Suiça

Para os candidatos estrangeiros, esta  pesquisa de  informação é particularmente importante, pois não se esqueça: você está a procurar trabalho no estrangeiro . Para obter informações, a Internet é obviamente uma fonte muito grande  de informação (que dá acesso à imprensa suíça em particular – Tribune de Genève, as PME revista Bilan …), mas  lembre-se de comparar com outros municípios. Enfim, as diferenças podem ser muito importantes de um cantão para outro para o mesmo sector de actividade: o mercado de trabalho na Suíça  geralmente não é o mesmo em Genebra, Lausanne, Neuchatel, Basileia ou Zurique.

2.Para uma boa procura de emprego na Suiça o seu currículo deve ser adaptado a este país “irreprochável”

O CV é uma ferramenta importante mas não é tudo: um bom CV não vai garantir que você encontre um emprego que procura  facilmente, um mau CV ou um CV pobre pode encaminha-lo para a escolha errada, os candidatos a qualquer posto de trabalho  devem telefonar uns dias depois de enviar o dossier de candidatura e mostrar interesse, se não o fizerem podem prejudicar significativamente  sua busca de trabalho pois ao mostrar interesse cativa os patrões. Para uma candidatura o seu currículo deve ter as melhores informações sobre o seu percurso profissional e ser escrito com clareza bem como a sua carta de motivação que deve ser sempre a primeira pagina do seu dossier e acompanhar o CV.

Como fazer um bom CV

Artigos relacionados

Para os candidatos estrangeiros: um CV Suíço é único e os  recrutadores esperam lá encontrar  algumas informações. Especificamente para candidatos franceses: o CV Suíço não é como o CV Francês: Há certamente semelhanças, mas alguns detalhes devem ser controlados, caso contrário, você pode perder sua candidatura. Então lembre-se de ajustar o seu currículo e carta de recomendação, os recrutadores são sensíveis, as expectativas são muito diferentes daqueles dos recrutadores franceses. Por exemplo, um candidato que trabalha nas áreas de ciência da computação (por exemplo, desenvolve-dor Java), deve em seu CV Suíço, desenvolver habilidades de computador, e não dar a informação ao máximo como você pode ser tentado a fazer em outros países. Neste caso, o entrevistador vai querer saber que conhecimentos de informática técnico, o requerente possui, e uma maneira relativa de avaliar  rigorosamente  o interesse por sua candidatura.

3. Compreender rapidamente se o seu perfil é procurado ou não no mercado de trabalho na Suíça

Nem sempre é fácil saber se o seu perfil é procurado ou não na Suíça, mas esta informação é vital para encontrar um emprego na Suíça. Isto é ainda mais necessário para os estrangeiros que querem trabalhar na Suíça.                                                                                                                                                                                        O que é certo e o que você deve saber  rapidamente, porque isso lhe dará não só uma indicação do tempo que você poderia precisar para encontrar um emprego na Suíça, mas isto vai lhe dar uma ideia da intensidade da concorrência. Claramente, quanto mais você vai estar competindo com os outros, mais difícil a tarefa, e você terá menos espaço para erros na sua postulação a qualquer posto de trabalho.

As empresas suíças procuram perfis quase permanentemente variados com uma intensidade que depende da situação:

  • Os perfis técnicos e com boas qualificações são procurados em geral (não todos, é claro!). Durante os períodos quando os tempos são bons, é muito difícil para as empresas suíças  recrutar perfis qualificados e especializados.                                                                                                                                   De acordo com estudos realizados regularmente sobre o assunto, algumas empresas ainda renunciam a recrutar alguns desses perfis tão grande e a dificuldade de recrutamento, o que permite tambem aos candidatos de ser formados muitas vezes dentro da propria empresa que lhe vai dar o futuro posto de trabalho e permitir aos patroes ter um empregado que responda as necessidades internas da empresa.
  •  Como em muitos países, a Suíça está em escassez de cientistas e engenheiros de varias áreas , mas cuidado: o pedido não é o mesmo para todas as especialidades e todos os perfis não são necessariamente atraentes para os empregadores suíços.
  •  As profissões na área da saúde  (médicos, enfermeiros, em particular) também terá um trunfo na Suíça clínicas e hospitais universitários oferecem geralmente muito boas condições de trabalho e então estes perfis de busca são  constantemente procurados.
  •  Uma estatística fala por si: em 2020, algo que falta na Suíça mais de 25 000 postos de trabalho no sector da Saúde.
  •  Alguns trabalhos  são um pouco “evitados” por trabalhadores locais. Nessas negociações as empresas suíças geralmente têm dificuldade em recrutar e facilmente transformar a mão de obra estrangeira. Este é por exemplo o caso de negócios Construção, as ocupações da Hotelaria e Restauração.

4. Evacuar a questão da autorização de trabalho … se é um cidadão da UE / EFTA

Não é possível trabalhar livremente na Suíça quando está no estrangeiro: o mercado de trabalho é controlado na Suíça, uma autorização ou visto  de trabalho suíço é obrigatório. Esta autorização de trabalho é emitida pelas autoridades cantonais, e as etapas são feitas tanto pelo candidato ou pela empresa, dependendo do tipo de autorização de trabalho.
A propósito da obtenção do permis as regras não são iguais  para todos

  • Os cidadãos da União Europeia, salvo em casos excepcionais, para ter a  certeza de obter a autorização de trabalho:exige justificar um trabalho (através de um contrato de trabalho assinado) ou uma promessa de emprego escrita por parte do futuro patrão. Recentemente, e até 2014, o número de licenças emitidas para estrangeiros é limitado , mas permanece em proporções normalmente suficientes. Em teoria, estes cidadãos são tratados como o mercado de trabalho suíço, na prática, alguns recrutadores suíços preferem contratar pessoas que já têm conhecimento do mercado local (que eles sejam nacionais ou estrangeiros). Algumas empresas, são felizmente raras, recusar-se a recrutar trabalhadores estrangeiros.
  • Os cidadãos fora da união europeia  terão em maioria grandes dificuldades na obtenção de uma autorização de trabalho e trabalhar na Suíça, porque eles não são uma prioridade no mercado de trabalho. Especificamente, eles vão ter um perfil muito específico, muito procurado e não existente ou muito pouco em perfis locais e nacionais da UE para ter uma chance – pequena- a conceder uma autorização de trabalho.

5. Varie os canais de pesquisa para aceder a empregos na Suíça

Para encontrar um emprego e trabalhar na Suíça deve variar seus métodos de procura de emprego. Os candidatos que procuram em geral e claro, em primeiro lugar de todas as vagas de emprego nos anúncios (disponíveis em vários formatos): é essencial para fazê-lo, mas é importante não fazer isso porque certa técnica ou alguns vão estar olhando mais eficaz do que outros. Em particular as redes sociais é provavelmente um dos mais eficazes mas também o mais difícil de implementar quando está no estrangeiro e não vivemos na Suíça. Uma boa técnica de rede pode ser muito eficaz, e muito mais do que responder exclusivamente para emprego ou enviar cartas não solicitadas.

6. Baixo perfil: necessário para optimizar suas chances de encontrar um emprego na Suíça

Este concelho é  para estrangeiros, especialmente aqueles com uma cultura latina. Não se comportar como um colonialista: o mercado de trabalho na Suíça não esteve a sua espera, você provavelmente não vai revolucionar a empresa onde você trabalha, especialmente a cultura de trabalho na Suíça é muito especial e muito particular diferente daquela encontrada em empresas estrangeiras. Por exemplo, na Suíça,  não gosta do que está além, o que se destaca. As personalidades fortes não são necessariamente apreciadas a cultura Suiça prefere a força do grupo e da equipa.

Menção especial  para os franceses: devido à proximidade da língua francesa Suíça com a França, não é incomum para os candidatos franceses simplesmente esquecer que eles não estão mais em França  e esquecer as especificidades locais. E confiem em nós, essas diferenças são, por vezes enormes.

7. Seja honesto, mostre confiança: uma condição para a obtenção de um emprego na Suíça

 

É importante não mentir ou “corrigir” suas posições anteriores ou nível de linguagem, em um CV Suíço ou na sua carta de motivação profissional mesmo em redes sociais se você quer trabalhar na Suíça . Este conselho se aplica principalmente aos estrangeiros, que devem entender que a palavra “confiança” é muito importante para o mundo do trabalho na Suíça.

8. Encontrar um emprego na Suíça, também é capaz de usar as redes sociais profissionais

Para encontrar um emprego na Suíça, as redes sociais tornaram-se praticamente indispensáveis (podemos discutir o próximo curso de negócios). Essencial no sentido de que as redes sociais permitem localizar contactos, etc, para ser conhecido.                                                                                                                    Para encontrar um emprego na Suíça, o LinkedIn é o preferido. Ele irá permitir que você faça contacto com profissionais em sua indústria ou conduzir o seu negócio, e não hesite em participar de grupos de discussão. No entanto, qualquer abordagem no LinkedIn deve ser bem controlada. Em particular evitar abordagens directas .                        Existem técnicas para abordar subtilmente os profissionais nestas redes. As redes sociais como o Facebook também pode trazer-lhe um pouco de informação . Mas não fica por ai . Xing é também uma rede social  que não deve ser esquecida, especialmente se você está procurando um emprego na Suíça de língua alemã.

9. Gerir o tempo e ser pragmático em sua busca de trabalho na Suíça

Antes de encontrar um emprego na Suíça (ou em muitos países) a sua investigação pode levar até vários meses:

Até 6 meses, não admira que não tenham assinado um contrato de trabalho, mas temos de ter algumas faixas de concreto de qualquer maneira.
Além de 6 meses  e até 1 ano ainda é o domínio do normal, especialmente se você estiver no exterior e não tem experiência no mercado do emprego Suíço: neste caso, no entanto já está com uma desvantagem pois  as empresas suíças que preferem perfis geralmente equivalentes acabam por escolher os  perfis com experiência no mercado suíço.
A qualquer momento, você tem que ser pragmático e não ser teimoso: se depois de enviar dezenas de candidaturas  você não tem retorno há algo no seu CV que está errado, ou  o mercado de trabalho  para as áreas que està a concorrer são alvo  muito competitivos.

10. Acompanhamento

Há aqueles que são conhecedores, bem aconselhados a trabalhar rapidamente em suas pesquisas, e outros. Seja qual for sua escolha, você pode ser acompanhado de diferentes maneiras. Nossos produtos e serviços incluem todos aqueles que querem trabalhar na Suíça: estrangeiros,e Suíços, residentes franceses na fronteira.

Cada distrito tem nas áreas de residência pontos de informação para dar aos futuros candidatos as informações necessárias.

Para mais informações sobre este artigo de aceder este link: http://www.travailler-en-suisse.ch/

 

Artigos relacionados com Suiça

Como escrever uma carta de motivação

Como Procurar Emprego

Melhores empregos

Salário mínimo na Suíça 2017

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*