Cantão de Vaud reforça seu dispositivo sanitário

Cantão de Vaud reforça seu dispositivo sanitário
Cantão de Vaud reforça seu dispositivo sanitário

O cantão de Vaud está a endurecer suas medidas contra o coronavírus. Fecha boates, proíbe eventos privados para mais de 100 pessoas e torna obrigatória a utilização de máscaras em todos os locais públicos fechados. Essas medidas entram em vigor quinta-feira, às 15h00.

O progressão do vírus Covid-19 “preocupa novamente e nos lembra a realidade”, reconheceu a presidente do governo de Vaud, Nuria Gorrite esta terça-feira em frente à imprensa. Ela lembrou que o cantão de Vaud é atualmente o mais afetado da Suíça e que, além do aumento dos casos positivos, os internamentos estão a subir e as pessoas em risco voltam a ser afetadas.

Conforme decretado no cantão de Genebra desde o final de julho, as casas noturnas de Vaud devem fechar, sabendo que representam um importante local de foco epidêmico, observou a Sra. Gorrite.

Outra grande fonte de contaminação, eventos ou festas privadas com mais de 100 pessoas são proibidos. Além disso, a partir de 50 pessoas, a máscara é obrigatória e os organizadores devem ter uma lista de participantes.

Para restaurantes e bares, a máscara é obrigatória para funcionários de sala e clientes, até que estejam sentados em seus lugares. As bebidas são servidas apenas na área de estar. Nos locais públicos fechados , cinemas, salas de concerto, museus, bibliotecas ou hotéis, não há limite de lugares, mas a máscara passou a ser obrigatória para todos.

Todas essas medidas entram em vigor na quinta-feira e vigorarão até pelo menos 30 de Outubro. O Conselho de Estado já está a alertar que poderá fortalecer ainda mais esse mecanismo, se necessário.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*