Cigarros de Canabis já e vendido nos super mercados da Coop.

Cigarros de Canabis já e vendido nos super mercados da Coop.
Cigarros de Canabis já e vendido nos super mercados da Coop.

Cigarros com canabis já são comercializados nos supermercados Coop.

 

A rede de supermercados COOP aprovou a venda de cigarro com canabis em seus supermercados. Uma decisão que vai um pouco contra os precipícios suíços que sempre foi contra a venda de drogas publicas.

A partir do mês de Julho os distribuidores podem vender cigarros com canabis mas agora legalmente. Uma decisão que faz serrar os dentes aos meios de prevenção.

O mercado do canabis CBD ou canabidiol, continua a contornar a lei  na Suíça. Tanto é assim que os produtores de tabaco estão a começar a abordar esta erva como legal, com um tetrahidrocanabinol (THC) menos de 1%. A marca de cigarros suíça Heimat  vem de lançar um novo produto de cigarros que contem  CBD.

Além de lojas especializadas e quiosques, os cigarros de canabis estão à venda desde o mês de Julho na Coop  a 19fr.90 para o pacote, informa “20 Minuten”. O porta-voz da distribuidora, Urs Meier, está confiante: “Nós já vendemos este tipo de produto, como chás, cervejas, óleo etc.” A rede Coop mete apenas uma restrição na compra que e a idade para o fazer apenas com 18 anos, esta é a idade mínima para a compra do produto. Contactado por “20 minutos”, distribuidor Migros não pretende distribuir tal produto.

Uma media de 0,2 gramas por cigarro.

Interrogado por jornalistas alemães, o patrão da empresa de cigarros Heimat, Roger Koch, explica que se encontra nas normas legais suíças afirmando que um paquete de 20 cigarros contem 4 gramas de CBD, o significa que cada cigarro terá 0,2 gramas. O que é muito menos que um petard que contem já 0,5 gramas e é comercializado em uma loja que vende produtos a base de CBD situada em Zurique

 

Roger Koch, no entanto, avisa os  clientes e aconselha-os a não levar os cigarros com  CBD para o exterior do país. Como valores limite de THC não são os mesmos em todos os países, os consumidores podem ser confrontados com processos criminais. A declaração sobre o pacote também aconselha a ficar atrás do volante depois de fumar apenas um desses cigarros. Em seu site, Addiction Switzerland lembrou: “Os utentes da estrada deveria renunciar ao CBD, porque é difícil estimar quando o limite legal de 1,5 microgramas de THC por litro de sangue é atingido.”

Os jovens estão expostos ao perigo.

Apesar das medidas tomadas, prevenção fundos estão tudo menos encantados com este novo produto. Andrea Geissbühler, presidente da associação abstinência crítico de drogas: “Há uma tentativa de legalizar o conjunto” Ele acrescentou: “Não há, actualmente, ainda nenhum estudo sobre os efeitos do CBD. Acho isso problemático. “Nacional Conselheiro SVP também acredita que este tipo de produto não tem nada a ver com o comércio a retalho. “Os jovens estão assim expostos ao perigo”.

Mesma história com a Associação de pulmão: “Os efeitos a longo prazo da CBD não são conhecidos”, diz o porta-voz Regula Off, que especifica que os cigarros de Canabis legais causam danos nos pulmão como  todos os outros produtos de tabaco.

“Duvidoso do ponto de vista da prevenção”

A fundação Addiction Switzerland, também tem uma postura crítica em relação e esta legalização: “Do ponto de vista da prevenção, é duvidoso para ver um novo produto para o tabaco. A nicotina é altamente viciante “, disse a porta-voz Monique Portner. Ela ficou perplexa, disse mesmo que era “incrível” a Coop começar a vender cigarros a CBD, enquanto os efeitos a longo prazo da substância são desconhecidos. Finalmente, ela lembrou que os produtos da CDB são menos prejudiciais quando não fumados.

 

 

 

 

Inicio  

Informação

Emprego

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*