Fraude à segurança social “Suíça”

Fraude á segurança social "Suíça"
Fraude á segurança social "Suíça"

Com a entrada em vigor da lei sobre a expulsão de criminosos estrangeiros e de novas disposições sobre a fraude à ajuda social. Fazer batota pode custar a expulsão da Suíça.

Fraude á segurança social “Suíça”

Segurança Social pede a todos que se encontram a enganar o estado para se denunciarem só assim podem evitar a expulsão.

Segundo o jornal “Le courrier” a partir do primeiro de Janeiro de 2017 as fraudes com ajudas da Segurança Social são perseguidas criminalmente na Suíça. Ou seja é crime.

Para todos os estrangeiros esta é uma alteração na lei muito importante, pois se considerarmos que se encontram muitos a receber ajudas sem terem o direito a elas “fraude” pode ser considerado crime.

A partir do primeiro de Janeiro 2017 o paradigma vai mudar radicalmente, um aviso do conselheiro de Estado. Quem tentar enganar e fizer batota será  sistematicamente denunciado criminalmente.

Não importa o caso, “todos”?

Pode haver algumas excepções admite o conselheiro de Estado. A decisão fica ao critério dos funcionários.

Quanto as consequências?

As consequências podem ser graves ao ponto de uma família com filhos possa ser expulsa da Suíça por uma fraude feita pelos pais.

Caça aos infractores.

O DEAS defende a ideia de lançar uma caça aos infractores da lei nas ajudas sociais. Não tendo muitos meios, as ordens do magistrado é de se concentrarem mais nos sinais de alguma irregularidade. Um dos grandes exemplos e o adereço desses mesmos infractores que muitas vezes se encontra no estrangeiro.

Embora a DEAS já tenha enviado milhares de cartas aos beneficiários de ajudas sociais pagas pelo Estado. (Hospicios generais, seguros de saúde “assurance-maladie”, ajudas complementares). A finalidade seria de convidar os infractores a regularizar sua situação ate ao fim do ultimo mês de 2016. Apenas era necessário enviar uma carta a instituição de qual usufruíam de ajudas “administração”. No caso de o terem feito seriam ilibados da denuncia penal. Tendo sido este o acordo com o Conselheiro de Estado encarregado dos Assuntos Sociais.

DEAS: Département de l’emploi, des affaires sociales et de la santé.

Se esta a receber ajudas por ter tido uma passagem de sua vida, mas já estabilizou. Saiba que deve anunciar aos serviços sociais. Pode estar a receber ajudas sem ter direito a elas.

 

Suíça vai cobrar imposto aos bens dos emigrantes

Seguradoras querem contratar detectives

Reduções fiscais, alguns concelhos para poupar em seus impostos “Suíça”

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*