Genebra: Festas particulares não declaradas podem chegar a 30 mil francos de multa

O vereador Mauro Poggia culpa as festas particulares no aumento de casos de Covid-19 dos últimos dias.
O vereador Mauro Poggia culpa as festas particulares no aumento de casos de Covid-19 dos últimos dias.

O vereador Mauro Poggia culpa as festas particulares no aumento de casos de Covid-19 dos últimos dias.

Diante do aumento de casos positivos e hospitalizações devido à Covid-19, o cantão de Genebra limitará os eventos privados a um máximo de 100 pessoas. O organizador de uma festa privada com mais de 15 pessoas deve estabelecer uma lista de participantes.

“As manifestações privadas envolvendo de 16 a 100 pessoas são as mais preocupantes porque não há respeito às distâncias”, disse o vereador Mauro Poggia. A organização de casamento, batismo ou aniversário deve garantir o cumprimento das medidas habituais, o uso de máscara e proibir todo o consumo, exceto em lugares assentados e que não se mudem de lugar.

Diante do aumento de casos positivos e hospitalizações devido à Covid-19, o cantão de Genebra limitará os eventos privados a um máximo de 100 pessoas. O organizador de uma festa privada com mais de 15 pessoas deve estabelecer a lista de participantes.

“As manifestações privadas envolvendo de 16 a 100 pessoas são as mais preocupantes porque não há respeito às distâncias”, disse o vereador Mauro Poggia. A organização de casamento, baptismo ou aniversário deve garantir o cumprimento das medidas habituais, o uso de máscara e proibir todo o consumo, excepto em lugares não permutáveis.

Deverá também recolher a identidade de cada participante e manter a lista à disposição do médico cantonal durante quatorze dias, para permitir o rastreio.
O organizador enfrenta uma multa de até 30.000 francos se não cumprir as medidas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*