Muito importante, a carta de denuncia espontânea.

Muito importante, a carta de denuncia espontânea.
Muito importante, a carta de denuncia espontânea.

Com agradecimentos a nossa leitora: MD Services, Mariana Devaud que nos ajudou a esclarecer um pouco mais algumas duvidas de como declarar seus bens na Suíça.

PRECISÃO (MAIS UMA)

Muito importante, a carta de denuncia espontânea não punível deve ser enviada à administração cantonal dos impostos do seu cantão de residência. Antes de enviar a declaração de imposto 2016!

O fisco vai fazer o cálculo dos impostos a partir do ano de existência dos bens, móveis e imóveis, mas no máximo até 10 anos atrás e pode exigir as provas.

Quando possível, o melhor é apresentar a caderneta predial, onde consta o ano de aquisição e o valor patrimonial tributário dos imóveis. Para as hipotecas é necessário o valor dos juros pagos em cada ano e o valor da divida no final do ano respectivo. Para as contas bancárias é necessário o extracto do final do ano onde consta o saldo e os eventuais juros devedores ou credores.

 

 

 

Finalmente é a mesma situação para todos, os estrangeiros e os suíços que vivem na Suíça, todos os anos declaram os rendimentos do trabalho, as contas bancárias e os imóveis que possuem, e na maior parte do tempo onde moram, sobre os quais pagam o imposto sobre a fortuna (valor fiscal – hipoteca) e sobre o valor locativo (renda que eventualmente receberiam se a casa estivesse alugada a outros). As ditas casas foram compradas com dinheiro posto de lado sobre o qual já pagaram imposto!

Os imigrantes não pagam imposto sobre a fortuna nos seus países de origem e na Suíça o valor da fortuna serve só a calcular a taxa de imposto sobre os rendimentos adquiridos aqui! E não se esqueçam que os impostos servem para os estados pagarem as prestações sociais, as escolas, as estradas, etc. Imaginem o que seria se todos conseguissem escapar ao pagamento dos impostos 

 

Urgente: Declarar os bens na Suíça.

Como declarar bens do estrangeiro na Suíça.

O que é as Poursuites na Suíça

3 Comments

  1. Infelizmente a declaração espontânea no cantão de Berne deveria ter sido feita ate 15 de Março.

    Esta página indica que o prazo era a quinze de Março o prazo de entrega da declaração de impostos. E segundo a lei a declaração espontânea deveria ser enviada antes da entrega dos impostos..

    http://www.fin.be.ch/fin/fr/index/steuern.meldungNeu.onemeldungonly.portalnavrrcsubeleme.html/portal/fr/meldungen/mm/2017/03/20170303_1300_nachrichten_aus_derverwaltung

    Aconselho a entrar em contacto com os serviços de impostos do cantão. Clic no link abaixo

    http://www.fin.be.ch/fin/fr/index/steuern/ratgeber/ueber_uns/adressen.html

  2. Bom dia,quèro agradesser pela resposta e informacâo dada pela Senhora Mariana DEVAUD,vamos là ver se se compriendemos,nâo sei se a Senhora è suisse ou portuguêsa?Eu tenho a nacionalidade suisse,de acordo que a lei è igual para todos!e uma frase que a Senhora disse è que à suisses que venderam casas e bens para sobreviver porque nâo tem direito à complememtar!!a Senhora àcha corecto essa situacâo onde a suisse se diz humanitària??talvez essa humanidade esteja para os refujiados e por muitos aqueles que nâo trabalham e vivem da droga e da SOCIAL!!outra situacâo è daqueles]]]]que atè conhesso]]que estâo no SOCIAL à mais de 6 anos sâo jovens e so porque nâo tem bens em seu nome o social lhes pàga tudo!tudo rendas facturas tudo!!i i esses qual è a penalizacâo???Pois digolhe sinseramente que me tirem a NACIONALIDADE fico com a reforma de 1.108 frs e venho pro meu pais de origem a casa metoa em nome doutra pessoa com jà fizeram muitos e essa pessoa vaisse ocupar de mim atè à morte!!ai sim que è humanidade mnâo è a ficcâo suisse.a lei portuguesa diz que è interdito dupla tributacâo,e as finâncas confirmou!mais disse ainda as financas que nâo estâo ao dispor dos suisses e a banca respondeu o mesmo!!daqui em diante os emigrantes àbrem contas noutros paises e quando forem reformados vâo para lé e nâo enviam as receitas aos bancvos portugueses!e ai os bancos jà mostraram a sua indignacâo!!si me poder dar mais informacoes agradesso..E repare nâo estou contra o acordo!mas este acordo os paises como portugal podiam proteger os emigrantes dizendo à suisse sim assinamos mas com clausulas de protessâo aos nossos emigrantes!por exemplo a lei entra em vigor em 2018,mas nâo com rectroactivos!segundo,,a lei è aplicada a todos os emigrantes que tem fortunas a partir de 500 mil francos.Ai sim nos nâo criariamos todas estas perguntas e sem angustias para muitos portugueses!! tenho dito Senhora Mariana Devaud.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*