Polícia espanhola obriga autocarro regressar a Portugal

Polícia espanhola obriga autocarro regressar a Portugal
Polícia espanhola obriga autocarro regressar a Portugal

A policia espanhola obrigou um autocarro português com direção à Suíça regressar a portugal por transportar passageiros a mais.

Segundo a policia espanhola o autocarro que foi interceptado na cidade de Zamora transportava passageiros a mais e não respeitava as medidas de segurança de acordo com o Estado de Emergência em vigor no país para prevenir o coronavírus

O autocarro já tinha sido avisado quanto às irregularidades no momento em que atravessou a fronteira com a Galiza, obrigando mesmo a dividir os passageiros por dois veículos.
Mas segundo a Guardia Civil espanhola “conrrespondente a GNR” alguns quilómetros depois os passageiros voltaram a ser colocados em um só autocarro,

O mesmo autocarro teria sido parado na auto-estrada A-52 em Rias Bajas (costa oeste da Galiza) onde voi verificado exatamento o mesmo problema que tinha sido confrontados na fronteira, não era respeitada a segurança de acordo com o Estado de Emergência em vigor no país para prevenir o coronavírus

Os agentes só souberam mais tarde que o condutor do veículo já tinha sido avisado e corrigido a situação quando atravessou a fronteira.

O autocarro transportava os portugueses para a Suíça e deveria fazer uma paragem em França, mas foi obrigado a dar a volta e regressar a território português quando já encontrava em Zamora (Castela e Leão) por causa da irregularidade detetada.

Como o veículo não cumpriu as restrições de segurança para com os passageiros impostas pelo estado de emergência espanhol e já era um infrator reincidente, os agentes da autoridade obrigaram o autocarro a regressar à fronteira com Portugal em Chaves.

As regras de luta contra a covid-19 obrigam os passageiros nos autocarros e noutros transportes públicos a estarem separados com uma distância de mais de um metro o que os impede de se sentarem lado a lado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*