Portugal: Meio milhão de consultas anuladas

Portugal: Meio milhão de consultas anuladas
Portugal: Meio milhão de consultas anuladas (Foto ilustrativa)

Como em qualquer outro lugar, o coronavírus mudou completamente as prioridades do Serviço Nacional de Saúde Português.

Em Portugal, a luta contra o Covid-19 não ocorre sem danos colaterais. O Correio da Manhã anuncia em manchete nesta quinta-feira, 23 de abril, que, desde 16 de março, “meio milhão de consultas foram canceladas” no país. Em detalhes: 300.000 em centros de saúde e 180.000 em hospitais. E quase 9.000 operações foram relatadas.

A ministra da Saúde Marta Temido, que forneceu os dados, anunciou que as coisas vão mudar a partir desta semana. As consultas para pacientes que sofrem de outras patologias além do coronavírus serão remarcadas aos poucos.

Excesso de trabalho no horizonte

Essa sobrecarga iminente de trabalho faz o Sindicato Nacional dos Médicos temer o pior, o que exige reforço. O presidente da Liga Portuguesa de Câncer, o epidemiologista Vítor Rodrigues, é visto em muitas capas de jornais.

Nosso sistema de saúde estava em deficit e já estava a sofrer antes da Troika e agora este novo desastre. A situação não mudou. Ou investimos em recursos humanos ou isso se tornará humanamente impossível. ”

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*