Salário em media na Suíça 2018

Salário em media na Suíça 2018
Salário em media na Suíça 2018

Fique a conhecer quem são os maiores ganhadores e perdedores em termos de salário no último ano. Estatísticas publicadas pelo cantão de Zurique detalham salários pagos para algumas de profissões: de taxista a diplomata.

Para obter uma boa visão geral de quanto as pessoas ganham pode ser complexo. Como em qualquer lugar do mundo, os salários na Suíça variam dependendo de fatores como educação, sexo, experiência, especialidades, qualificações e localização.

O Lohnbuch (livro de salários) anual de 768 páginas, publicado pela Secretaria de Economia e Trabalho do cantão de Zurique, compila dados salariais extensos, como salários mínimos sugeridos e faixas salariais típicas com base na idade e na experiência. Ele também fornece um guia representativo para o país.

Fique então a conhecer os salários de dez profissões na Suíça

  1. Diplomatas 


    Segundo o Lohnbuch, o chefe de missão diplomática é uma das profissões mais bem pagas: CHF 13.555 (US$ 14.071) por mês.

  2. Oficial de treinamento militar (exército)


    Oficiais de treinamento do exército tiveram um dos maiores aumentos de salário desde 2006 (+22%), para CHF 8.192 por mês.

  3. Professores de ensino primário


    Professores do primário também tiveram um grande aumento em seus salários desde 2006 (+36%) – a média mensal é de CHF 6.981. Mas nesse segmento há grandes diferenças entre os cantões.

  4. Jornalistas


    Jornalistas com mais de três anos de experiência ganham em média CHF 6.440 por mês. Porém, este valor é apenas uma recomendação para o setor.

  5. Parteiras


    Segundo o Departamento Federal de Estatística, o salário médio geral na Suíça é de CHF 6.189 ao mês. Parteiras ganham quase que exatamente este valor: CHF 6.229.

  6. Pedreiros


    Considera-se geralmente que os trabalhadores na construção são mal pagos. Mas isso nem sempre é verdade: um pedreiro com formação e mais de quatro anos de experiência ganha em média CHF 5.553 ao mês.

  7. Educadores de creches


    Educadores de infância (creches) também tiveram um substancial aumento salarial desde 2006 (+33%). A média mensal em Zurique é de CHF 4.977.

  8. Carpinteiros


    Carpinteiros são das poucas profissões que perceberam uma queda nos ganhos desde 2006 (-5%). A média salarial de um carpinteiro com formação é de CHF 4.435.

  9. Bibliotecários


    Políticos de esquerda e sindicatos reivindicam um salário mínimo de CHF 4.000 ao mês para todos. Este valor corresponde ao rendimento de um(a) bibliotecário(a) iniciante.

  10. Motoristas de táxi

    Os motoristas de táxi são os que sofreram a maior queda em seus rendimentos médios desde 2006 (-15%), para CHF 3.200 ao mês.

Fonte do artigo: Site https://www.swissinfo.ch/

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*