Suíça: Os turistas repatriados ainda não pagaram a factura

A imprensa de domingo relembra a crise do coronavírus neste domingo. Em particular, ela destaca que os turistas repatriados pela Confederação ainda não pagaram suas contas.

Cerca de 1.500 turistas suíços não pagaram as contas enviadas pela Confederação para sua repatriação no início da pandemia do coronavírus. Os custos totais devidos ascendem a 1,7 milhões de francos.

O Departamento Federal de Relações Exteriores (FDFA) decidiu solicitar um montante fixo para a repatriação, disse um porta-voz à Keystone-ATS no domingo, confirmando informações do SonntagsZeitung. Esse valor variou de 400 a 1700 francos, dependendo da duração do voo.

Ao todo, 7.100 pessoas receberam uma factura. Ao final do prazo de pagamento, 1.500 notas fiscais não foram pagas, disse o porta-voz do DFAE. Se os avisos não forem pagos, os serviços de Ignazio Cassis não excluem o início de procedimentos de acusação (poursuites) dependendo da situação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*